Saber estimular filhos para o estudo é importante!

Saber estimular filhos para o estudo é importante

Porém, pais devem ficar atentos para não misturarem função paterna com de professores

por Mariana Bueno

Mães e pais que trabalham fora o dia todo, na maioria das vezes se sentem culpados por não terem tanto tempo disponível para os filhos. Isso envolve também a vida escolar, pois os pais acreditam que deveriam estar mais presentes e dar um suporte maior na hora das tarefas das crianças. Mas de acordo com uma pesquisa realizada pela Academia de Ciências Sociais do Reino Unido, para o desempenho educacional da criança não faz diferença se os pais trabalham fora ou ficam em casa.

De acordo com a especialista em psicologia infanto juvenil Lucinéia Francisco Batistela, isso realmente não influencia o aprendizado e o comportamento das crianças na escola. "Se há alguma interferência pela ausência dos pais, é em outros aspectos. Fazem falta em casa, não especificamente no desempenho escolar", diz.

A pesquisa mostrou ainda que, enquanto na década de 70 os filhos cujas mães eram donas de casa apresentavam vantagens na alfabetização, nos anos 2000 já não é registrada qualquer diferença nesse aspecto.

A especialista ressalta a importância de os pais não confundirem sua função de pais com a de professores, que ficam acompanhando continuamente as tarefas das crianças. "É melhor para as crianças que não se misturem essas funções. Se for necessário, os pais devem procurar outras pessoas que possam acompanhar os filhos. É claro que eles podem querer ver se a tarefa foi feita, cobrar, mas sentar com as crianças para fazer as atividades muitas vezes chega a ser traumático, pois os pais acabam ficando bravos e irritados por não saberem a matéria e por verem que o filho não consegue aprender. Há crianças que chegam a ter problemas de autoestima, dizem que se sentem idiotas", afirma.

Segundo a psicóloga, a função principal dos pais é estarem presentes diariamente com seus filhos de forma lúdica, sentarem-se com eles após o trabalho, conversar, brincar e dar orientação.

Fonte: http://www.bolsademulher.com/bebe/3-a-6-anos/materia/saber-estimular-filhos-para-o-estudo-e-importante